Como Importar dos EUA

Como Importar dos EUA
3.89 (77.7%) 122 votos

importaçãoComo você já sabe, aqui no Brasil, os preços dos produtos importados podem chegar até 4 X o seu valor original.

Existem inúmeros setores onde se pode perceber essa diferença de preços, e dentre eles estão: roupas, perfumes, suplementos, eletrônicos, maquiagem e etc.

Veja um exemplo dessa diferença de preços entre Brasil e Estados Unidos. A imagem abaixo mostra o anuncio de um Iphone 6 de 16GB sendo vendido á R$ 3.499,00 em um e-commerce brasileiro.

importando dos eua

Já a segunda imagem, mostra o mesmo aparelho sendo vendido na loja Oficial da Apple dos Estados Unidos por U$ 649,00 (convertendo em reais, daria um valor em torno de R$ 2.102,76).

dicas importar euaComo você pôde observar, a diferença de preço é enorme! No caso do Iphone, a diferença é de R$ 1.396,24! Mesmo considerando que estamos em um período de alta do dólar, ainda compensaria comprar.

E para te mostrar ainda melhor como pode ser vantajoso importar direto dos EUA, veja este vídeo da Larissa Dobler, do Importando com Sucesso, mostrando a compra do seu Iphone 6.

Dicas Para Como Importar dos Estados Unidos com Segurança

Diante da enorme diferença de preços, não há dúvida de que a melhor opção para economizar é descobrir como importar roupas, acessórios, calçados e eletrônicos dos EUA.

Assim, você garante que está comprando um produto Original, com nota fiscal, e pagando um preço justo por ele!

Porém, comprar nos EUA não consiste apenas em acessar o site oficial das marcas, escolher as peças e fechar o carrinho.

Para que você possa comprar os produtos das suas marcas preferidas e não ter inconvenientes no meio do caminho, precisa ficar atento á algumas coisas:

  • Localidade: A maioria dos sites detecta a sua localidade, através do IP do computador. Sendo assim, não adianta nada acessar normalmente, porque na hora que o site carregar, será detectado que você está no Brasil, e os preços serão diferentes.

A idéia é que você consiga comprar como se fosse um morador dos EUA (e pagar o preço que eles pagam). Para isso, você precisa usar uma ferramenta que mascare o IP do seu computador, e simule que você está acessando dos Estados Unidos.

  • Frete: Se você tentar programar a entrega diretamente para a sua casa aqui no Brasil, vai conseguir, mas vai pagar muito caro. Provavelmente, pelo valor que você vai pagar de frete, não vai compensar importar o produto, e sim compra-lo aqui mesmo.

Para resolver isso, existem armazéns que você pode utilizar para intermediar a sua compra. Assim, o frete fica bem mais barato. Um dos armazéns mais utilizados é o Shipito. Com ele, a loja entregará o seu pedido no armazém, onde as suas compras ficarão guardadas no seu armário particular, e o shipito ficará responsável por enviar a sua compra para o Brasil.

  • Tributação na Receita Federal: Essa é uma das etapas mais temidas pelas pessoas que importam dos EUA. Muitas vezes, pode acontecer de você pagar um preço muito bom no produto, mas acabar sendo tributado aqui no Brasil.
    Existem algumas regras para Tributação sobre Importação na Receita Federal, e para evitar que isso aconteça com você, é necessário ficar atento ao valor da sua compra, tamanho da caixa, entre outras variáveis.

E para te ensinar a fazer suas compras passo-a-passo e com segurança, recomendo o curso Importando com Sucesso, da Larissa Dobler.

Nele, ela ensina todo o passo-a-passo, desde as melhores lojas, como aproveitar as promoções, e ainda, como você pode ter lucro revendo os produtos que importar.

>>  Clique Aqui e Saiba mais sobre o Importando com Sucesso  <<